CONDUZINDO AS CRIANÇAS AO ABENÇOADOR

Famlia.1

Certa ocasião algumas pessoas levaram um grupo de crianças ao Senhor Jesus para que essas fossem por Ele abençoadas, entretanto os discípulos do Mestre repreenderam aquelas pessoas. Diante disto o Senhor indignou-se e os repreendeu dizendo: “Deixai vir os pequeninos a mim e não os impeçais, porque dos tais é o Reino de Deus”, como registra o evangelista Marcos no capítulo 10 versículo 14.
Nesta passagem bíblica notamos quatro grupos de personagens. O primeiro é formado pelas pessoas que conduzem as crianças, o segundo grupo são as crianças, o terceiro é formado pelos discípulos do Mestre, e o quarto personagem é o Senhor Jesus. Enquanto o primeiro grupo via a necessidade de abençoar as crianças, o segundo – as crianças – passivamente receberiam as bênçãos, o terceiro – os discípulos – queriam impedir que as crianças fossem abençoadas já o quarto personagem, que é abençoador e a fonte de todas as bênçãos, se opôs tenazmente aos que queriam impedi-lo de abençoar. 
Nosso país vive um momento de profunda crise moral e espiritual onde os valores da família, segundo o modelo bíblico, têm sido fortemente confrontados por personagens que querem roubar a inocência e pureza de nossas crianças, com propostas imorais e antibíblicas.
Quando a igreja no afã religioso de servir ao Senhor não providencia mecanismos para aproximar as crianças de Cristo, sem querer, está aliando-se ao terceiro grupo impedindo-as de ter comunhão com Mestre de Nazaré, enquanto avolumam-se os meios eletrônicos das mídias sociais com suas propostas satânicas.
Diante disto, e considerando a proximidade da festa pagã do “Dia de Cosme e Damião” no final deste mês alerto os pais quanto ao cuidado com seus filhos, não permitindo que os mesmos participem desta coisa. Por outro lado, no dia 12 do próximo mês, comemoraremos o “Dia das Crianças” e desde já parabenizamos a todas elas rogando especialmente aos pais para que sempre façam parte do primeiro grupo. Daqueles que conduzem as crianças ao Salvador Jesus, daqueles que plantam seus filhos no terreno fértil do Evangelho os quais produzirão frutos gloriosos para suas futuras famílias e gerações por toda eternidade. 
Parabéns criançada! 
 
Deus as abençoe!
 

O SÁBIO SE DÁ POR ALERTADO

sbio alerta. artigo

“O avisado vê o mal e se esconde; mas os simples passam e sofrem a pena” declara o texto de Provérbios capítulo 27 verso 12. O tom é de alerta, de advertência, de cuidado. Quando alguém é avisado acerca de qualquer situação que possa lhe trazer algum prejuízo no campo físico, moral ou espiritual e se previne para não passar por tal situação, escondendo-se ou desviando-se dela, esse alguém mostra-se sábio e escapa da penalidade. 
Exemplo clássico da Bíblia, dentre muitos outros, foi o de José, filho de Jacó que ao ser exposto à tentação pela mulher de Potifar foi alertado pela sua própria consciência e temor a Deus e decidiu fugir escapando da tentação. É verdade que ele sofreu ameaças, perseguição e até prisão, mas permaneceu livre, e bem sabemos o final de sua história. 
Por outro lado o simples citado no mesmo texto de Provérbios são os que se acham fortes em si mesmos. São altivos e às vezes são revolucionários contra o sistema estabelecido. São progressistas querendo firmar suas próprias idéias, concepções e valores. São, por vezes, influenciados por outrem e desta forma decidem seguir em frente apesar de alertados. Por conta de suas decisões sofrem a pena ou, como se diz popularmente pagam o preço por sua rebelião. 
Há situações em que o preço a ser pago é reversível no contexto espiritual, mas traz severas conseqüências físicas e morais. Que o diga o filho pródigo da parábola de Lucas capítulo 5 versos 11 a 24. Mas há outras situações em que aas conseqüências são de perdição eterna sem qualquer possibilidade de reversão, tal como ocorreu com Pilatos que alertado por sua mulher para que não entrasse na questão do julgamento do justo Senhor Jesus (Mateus capítulo 27 verso 19), e até mesmo pela sua própria consciência ao declarar que não achava em Cristo crime algum (João capítulo 19 verso 4) ainda assim entregou-o à morte. 
Amigos convido-os a tomar a decisão de ter Jesus Cristo como Salvador de vossas almas para escaparem da penalidade eterna. Aos jovens e adolescentes convido-os a refletir sobre estas verdades eternas para fugirem das seduções de novas ideologias contrárias à Palavra de Deus. 
Que o Senhor a todos abençoe!
 

PERFEIÇÃO EM CRISTO

Perfeitos em Cristo

Longe da perfeição em si mesmo o cristão é perfeito em Cristo, conforme afirma Colossenses capítulo 2 versículo 10, “e estais perfeitos nele, que é a cabeça de todo principado e potestade”, fazendo menção à perfeição daqueles que estão em comunhão com o Salvador.
O Senhor é o nosso referencial de vida, contudo não somos salvos porque imitamos a Ele, mas sim porque estamos n’Ele, a saber, em comunhão com Ele. É óbvio que devemos imitar o Salvador Jesus como orienta o apóstolo Paulo em 1 Coríntios capítulo 11 verso 1, “sede meus imitadores, como também eu, de Cristo”; entretanto, se nossa salvação dependesse exclusivamente desta imitação estaríamos irremediavelmente perdidos, isto porque sempre falharemos neste intento. Aqui jaz a grande diferença entre estar em Cristo ou estar sem Cristo.
Estar em Cristo nos capacita a cumprir o dito de Paulo em sermos imitadores d’Ele, pois estando n’Ele somos suas testemunhas neste mundo caído. Testemunhamos que somente no Senhor encontramos perdão, restauração e retorno à comunhão com Deus. 
Depois da longa lista de homens e mulheres do passado, fiéis ao Senhor, apresentada no capítulo 11 da Epístola aos Hebreus, que eram perfeitos em Deus e dos quais o mundo não era digno (verso 38), o capítulo 12 tem início fazendo referência a esses heróis da fé e nos convocando a que “deixemos todo embaraço e o pecado que tão de perto nos rodeia e corramos, com paciência, a carreira que nos está proposta”.
Diante dos desafios deste mundo somos convocados a avançar, como perfeitas e autênticas testemunhas de Cristo, até cruzarmos os portais da eternidade, salvos n’Ele.
Deus te abençoe!
 

Facebook

Login

Contatos

Para maiores informações, por favor, entre em contato:

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (21) 2413-5000
Rua Artur Rios, 805 - Augusto Vasconcelos, RJ. 

Rádio RADIO ADAV - On Line

Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Augusto Vasconcelos