SOLUÇÃO DO JEITO DE DEUS

Jeito de DeusCerta ocasião um famoso e leproso general da Síria soube que poderia ser curado de sua enfermidade pela intervenção do profeta Eliseu. Por este motivo ele foi ao encontro do profeta e imaginava consigo mesmo “certamente ele sairá, por-se-á em pé, e invocará o nome do Senhor, seu Deus, e passará a sua mão sobre o lugar, e restaurará o leproso” (2 Reis 5.11). Entretanto, para decepção daquele oficial, o profeta Eliseu nem sequer foi ao seu encontro, mas mandou-lhe um mensageiro dizendo “vai, e lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne te tornará, e ficarás purificado” (2 Reis 5.10).
Aquela mensagem muito aborreceu aquele general a ponto dele pôr-se a caminho de volta à Síria. Por fim, convencido pelos seus criados, o general Naamã mergulhou no Jordão sete vezes e ficou purificado (2 Reis 5.13,14). Alcançou a bênção tão desejada!
Este episódio nos revela que nem sempre a solução para nossos problemas e aflições será alcançada da maneira que imaginamos. Especialmente quando se trata do maior problema da humanidade – o pecado – aí então que, com certeza, a solução jamais virá pela via humana. Neste caso nossos bens, nossas boas obras, as religiões, os guias espirituais, as oferendas, os pactos, etc., enfim, toda nossa bondade e religiosidade não são suficientes para nos salvar, como disse o salmista que a confiança em nossa fazenda, na multidão de nossa riqueza pode nos resgatar “pois a redenção da alma é caríssima e nossos recursos esgotariam antes” (Salmo 49.6-8). Dessa forma precisamos do socorro divino, precisamos da solução do jeito de Deus.  

CRER E CONFESSAR PARA SER SALVO

cre2

Neste texto de reflexão sobre a Mensagem da Cruz, quero compartilhar convosco algumas considerações sobre o processo da salvação. Na cruz do Calvário, Jesus consumou o plano para o resgate dos seres humanos, possibilitando o acesso destes à vida e morada eterna com Ele. Assim, a salvação está disponível para os que desejarem ser salvos.
Se a salvação está disponível, o que é necessário ser feito para obtê-la? Foi isso que certo carcereiro perguntou a Paulo e Silas, servos do Senhor (Atos 16.30). Prontamente, a resposta dada por eles foi: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa” (Atos 16.31). Eis aí a primeira resposta à pergunta feita: é necessário crer em Jesus Cristo. Entenda-se este “crer”, não apenas como o simples ato de acreditar. É preciso crer com o coração (Romanos 10.10a). Muito mais que isso, é necessário confessar com a boca, pois “com a boca se faz confissão para salvação” (Romanos 10.10b). O ato da confissão para salvação se dá quando o indivíduo reconhece que é pecador e crê que Jesus é o Senhor e Salvador da sua alma. Vejamos alguns exemplos bíblicos de pessoas que creram, confessaram com a boca e alcançaram graça para a salvação.
Malfeitor crucificado – Lucas 23.32-43 – Esse homem, identificado na Bíblia como “malfeitor”, reconhece seus erros e confessa, quando diz que ele e o outro malfeitor, também crucificado ao lado de Jesus, estavam sendo condenados porque os atos deles mereciam. Outro tipo de confissão para salvação feita por ele foi reconhecer que Jesus era Senhor, tinha um reino e era poderoso para levá-lo para Si. A resposta de Jesus aos seus comentários e pedido foi: “Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso” (v. 43). Este creu, confessou e foi salvo.
Filho pródigo – Lucas 15.11-32 – O pai da parábola do Filho Pródigo é a

TEMPO – UMA DIMENSÃO A SER OBSERVADA

relógio2

“E disse-me: Não seles as palavras da profecia deste livro, porque próximo está o tempo.”
Apocalipse 22.10
 
Quando agendamos um encontro com alguém duas variáveis são indispensáveis: o local (dimensão de espaço); dia e horário (dimensão de tempo). Sem estas informações torna-se impossível sabermos em que coordenadas do espaço geográfico, e quando no espaço temporal, encontraremos tal pessoa.
O Criador dos céus e da terra é, também, o Criador do tempo. Um lapso do espaço existencial, dentro da eternidade, no qual Ele criou o homem à sua imagem e semelhança, providenciou a eterna salvação desse homem criado e que caíra em pecado e condenação, e marcou um encontro com ele (homem) para que esse seja destinado a desfrutar da eternidade gloriosa e inenarrável com palavras humanas, ao lado de seu Criador e Deus; ou sofrer as agruras eternas, também inenarráveis, distante do Criador.
O encontro está agendado. As duas variáveis foram informadas. A primeira: Onde? Na Igreja. Local em que se reúnem os salvos em Cristo Jesus. Não é um local físico, e sim, um local espiritual onde se refugiam aqueles que reconheceram-se pecadores e condenados à perdição eterna, mas que aceitaram a graça de Deus, estendida a todos os homens que recebem Jesus Cristo como Salvador e Senhor. Mesmo aqueles que receberam Cristo como Salvador e já faleceram integram a Igreja do Senhor. Nessa comunidade de salvos dar-se-á o encontro marcado, ocasião em que ela (a Igreja) será súbita e rapidamente retirada da terra e encontrar-se-á com o seu Salvador nos céus (1 Tessalonicenses 4.16,17).
A segunda variável: Quando? No tempo do fim da presente era da Igreja na terra. Por ocasião do arrebatamento da Igreja, isto é, por ocasião da súbita e rápida retirada dos salvos em Cristo Jesus, da terra. Não é um tempo que se possa ser definido quanto a ano, mês, dia ou horário. No entanto esse tempo indeterminado está bem balizado pela Palavra de Deus e essas sinaleiras de balizamento devem nos alertar quando à brevidade desse tempo do fim. Vejamos alguns sinais:

Facebook

Login

Contatos

Para maiores informações, por favor, entre em contato:

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 (21) 2413-5000
Rua Artur Rios, 805 - Augusto Vasconcelos, RJ. 

Rádio RADIO ADAV - On Line

Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Augusto Vasconcelos